Sem qualquer sombra de dúvidas, Steve Carell é um dos maiores nomes do gênero comédia nas séries de televisão, então de certa forma, ele é um dos queridinhos de todas as produtoras pelas quais ele já passou. Space Force chamou muita atenção quando anunciada, pois além da presença do ator citado anteriormente, conta com um forte elenco e também com produção e criação de Greg Daniels (The Office).

Acompanhando Mark Naird (Carell), um general da Força Aérea dos Estados Unidos que possui um baixíssimo conhecimento científico, vemos o personagem sendo escolhido para liderar uma nova divisão do governo, a Força Espacial (que utiliza o mesmo nome de um projeto iniciado por Donald Trump em 2018 como forma de sátira), tendo como objetivo colonizar a Lua até o ano de 2024. No decorrer da trama vemos a sua rotina na base militar e a tentativa de Naird de conseguir comandar seu trabalho e cuidar de sua família completamente problemática.

Durante o desenvolvimento da história conseguimos fazer diversos comparativos com o personagem de Carell em The Office, porém não é nada que interfira no andamento do seriado. Outro ponto que é possível traçar um comparativo é na forma como a trama se constrói, que inicialmente parece um pouco mais lenta e rapidamente acaba se acelerando para não precisar de muitos episódios para concluir linhas narrativas criadas, não correndo o risco de estragar a obra num todo. No teor narrativo conseguimos ver piadas um pouco mais caricatas em cada personagem, porém são mais sutis, ficando por muitas vezes nas entrelinhas (claro que também existem vários momentos cômicos que arrancam o riso de qualquer expectador).

Apesar de a narrativa principal ser de enviar astronautas para Lua e fazer uma colonização lá, várias outras sub tramas acontecem ao mesmo tempo. Como muitas coisas ocorrem durante os episódios, vemos os personagens sendo muito bem construídos, porém vários ganchos são deixados de lado na mesma velocidade que se iniciam, retirando um pouco da espontaneidade de algumas cenas.

Como Naird é um personagem bem definido desde o início, facilmente ficamos familiarizados com ele. O motivo total de ser um grande personagem é a atuação de Carell, que sem dúvidas define todo o tom da série. Além disso, como já citado anteriormente, quase todo o elenco carrega um grande carisma em seus personagens, e por muitas vezes imploramos por mais momentos de conversa entre as figuras principais e secundárias, então sem dúvida alguma, a maior parte do elenco não deixa nada a desejar. A única personagem que não consegue conquistar o espectador é a jovem Erin (Diana Silvers), filha de Naird, que sem carisma nenhum possui um aprofundamento vago e previsível desde o começo do programa.

Além disso, o roteiro deixa a desejar por várias vezes. Em momentos que somos levados para dentro da família de Naird vemos uma trama que se torna completamente desnecessária no decorrer da história. Desde o início sabemos cada um dos problemas que o núcleo familiar enfrenta, porém a forma com que o seriado encontrou de apresentar isso acaba quebrando completamente o ritmo de todo o resto dos acontecimentos, contando com grandes clichês e deixando a produção chata nestes momentos.

Apesar de ser um seriado que ainda não encontrou seu verdadeiro formato, Space Force aposta em piadas ácidas certeiras em vários pontos do governo, mas não perde a oportunidade de caçoar das próprias piadas americanas (utilizando termos como “malditos comunistas” por várias vezes, mostrando que para o estadunidense todos devem ser considerados inimigos). Mesmo contando com um grande roteiro, ainda apresenta algumas brincadeiras completamente previsíveis e que não conseguem conversar com o restante de toda a narrativa, porém isso não chega a ser um grande problema para a história.

Vale ressaltar que um segundo ano para o seriado já foi confirmado pela Netflix, e assim como várias outras produções criadas por Greg Daniels, Space Force deve encontrar melhor seu tom e se ajeitar nas próximas temporadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui