Texto publicado originalmente em 3 de junho de 2017 no site Retalho Club pela autora Ynaê Couvo

Nós fomos criados com a imagem de que os super heróis são héteros e necessariamente tendem a ter uma parceira ou parceiro no caso de super heroínas, não é bem assim. A diversidade sexual de personagens fictícios pode parecer algo totalmente bobo, mas para nós que somos considerados minoria diante de uma sociedade preconceituosa, a representatividade é algo incrível. Junho é considerado o mês do orgulho LGBT (mesmo levando em conta que a sigla infelizmente ainda exclui muitas sexualidades), então nada mais justo do que apresentar para vocês 10 personagens extremamente inclusivos e importantes dos quadrinhos.

1. Homem de Gelo

Criado por Stan Lee e Jack Kirby, Homem de Gelo teve sua primeira aparição em 1963 no gibi X-Men #1, mas foi em All-New X-Men #40 que Bobby se aceitou. Mesmo com dúvidas e inseguranças, o Homem de Gelo não conseguiu mais esconder sua sexualidade de sua parceira de equipe Jean.

2. Spider-Woman e Mancha Solar

No multiverso Terra-8545 da Marvel, Mary Jane é a Spider-Woman e assumidamente lésbica. Sua namorada, Mariko Yashida é a versão do Mancha Polar nesse universo.

3. Lanterna Verde

Alan Scott foi o Lanterna Verde da Era de Ouro dos quadrinhos da DC, em 2012 ele foi repaginado como um personagem gay e até mesmo chegou a noivar com seu namorado Sam.

4. Hulking e Wiccano

Hulkling e Wiccano são membros da equipe Jovem Vingadores. A série de histórias foram pensadas para um público jovem e aberto, sendo assim o relacionamento entre o filho da Feiticeira Escarlate e o filho de Mar-vell é aceito por seus companheiros de equipe e pelo o público.

5. John Constantine

Por muitas vezes o John falou sobre seus relacionamentos, sejam com mulheres ou com homens. Já que suas aventuras não possuem tanta restrição de roteiro, a liberdade sexual do personagem é muito bem trabalhada.

6. Mulher Maravilha

Por mais que não seja novidade para muita gente, as Amazonas não são nem um pouco heteros, até porque uma amazona não olha pra outra e diz “você é gay”. Esse conceito não seria diferente com a Diana, a sexualidade da personagem foi comentada pelo autor Greg Rucka que revelou o óbvio, a Mulher Maravilha já esteve em um relacionamento com outra mulher.

7. Mulher-Gato

Catwoman #39 acabou com os boatos que rolavam sobre a sexualidade da personagem que por muitas vezes manteve um caso com o Batman. A autora chegou a comentar que por muitas vezes a Selina flertou com outras mulheres e o quadrinho não foi uma revelação e sim uma confirmação.

8. Batwoman

Kate Kane servia ao exército até que foi expulsa por ser lésbica. A vigilante manteve um relacionamento com a capitã Maggie Sawyer e chegou até em pedir a moça em casamento, na época a DC não autorizou os roteiristas mostrarem o casamento entre Kate e Maggie.

9. Harley Quinn e Hera Venenosa

Desde a animação Batman Animated Series, muitos fãs desconfiavam da relação de Harley com Hera, até por serem próximas e demonstrarem bastante carinho uma com a outra. Foi em Harley Quinn #15 que o relacionamento das duas recebeu uma confirmação, além disso a própria DC comentou no Twitter que elas são namoradas.

10. Estrela Polar

Estrela Polar é um dos membros mais grandiosos dos X-Men, assumir sua homossexualidade foi um ponto alto para aqueles que pediam por representatividade. Seu casamento com Kyle foi capa de gibi e um dos maiores eventos da Marvel em 2012.

Esses são apenas alguns dos personagens que nos representam nos quadrinhos, atualmente existem diversas discussões sobre o que fazer com sexualidade de outros personagens. Infelizmente muitos “nerds” escondem sua homofobia com discursos de costume, ou até mesmo de achismo. É sempre bom lembrar que o amor vence tanto na vida real quanto nos quadrinhos.