Na última sexta-feira (15) o jogo The Sims 4 recebeu uma das expansões mais esperadas pelos jogadores, Vida Universitária, atingindo o número de 31 DLCs. 

Com tantos pacotes, coleções e expansões já lançadas, os fãs da franquia estão exigindo cada vez mais do game. Isso por que, em comparação aos The Sims anteriores, o 4° jogo é bastante criticado em relação ao seu conteúdo, considerado incompleto, visto que seu lançamento foi em 2014, ou seja, mesmo com 5 anos o game ainda parece que não saiu do base, faltando coisas simples: carros, ladrões, cemitérios, escola particular, etc.

Porém, falando unicamente da nova expansão, ela atingiu grandes expectativas, considerando vários aspectos. 

Review The Sims™ 4 Pacote de Expansão Vida Universitária

Mensagem que aparece na primeira vez que se inicia o jogo. (Imagem: Print / O Retalho).

MODO CRIAR UM SIM E CONSTRUÇÃO

O primeiro ponto para se destacar é em relação aos novos itens, pois dessa vez a expansão veio com um número razoável em comparação as outras DLCs. 

O The Sims 4 Vida Universitária adicionou 136 novos itens ao Criar-um-Sim, sendo que 64 são exclusivos para mulheres, 54 exclusivos para homens e 21 são itens unissex. O Modo Construção adicionou um total de 183 novos itens no catálogo aberto, e 154 novos itens no catálogo “debug”, desbloqueado através de códigos. 

A quantidade não é o único ponto positivo, o visual também merece um mérito, principalmente das roupas e cabelos, que possuem uma pegada mais jovem. O objeto em destaque é obviamente as bicicletas, já que há muito tempo os veículos estão sendo esperados para o jogo, sendo assim, a bicicleta é uma porta de entrada para o aparecimento dos carros.

Bicicleta que vem com a expansão (Imagem: Print / O Retalho).

A animação dela não tem muito do que reclamar, já que os Sims realmente sobem nela e saem pedalando por aí, variando um pouco a interação de acordo com a habilidade de ginástica deles. Alguns jogadores reclamaram do visual simples dela, ocasionando o surgimento de Conteúdos Personalizados, ou seja, criadores de CPs salvando o jogo novamente. 

ENTRANDO NA UNIVERSIDADE

Entrar na universidade não é uma tarefa tão fácil. O jogo conta com um certo realismo nessa parte, já que para entrar no curso desejado, o sim precisa ser aceito de acordo com as suas habilidades e o desempenho escolar. As bolsas de estudos também atende alguns critérios, que o jogador pode conferir em quais o sim dele se qualifica para poder pedir a solicitação. O resultado demora cerca de 1 há 2 dias no tempo da gameplay. 

Informação sobre as duas universidades. (Imagem: Print / O Retalho).

Chegando a resposta é possível saber quais cursos estão disponíveis para se matricular, escolhendo entre duas universidades: Instituto Foxbury e Universidade de Britechester. Uma tem uma pegada mais de humanas enquanto a outra de exatas, além de possuírem visuais distintos entre o moderno e o clássico. 

A princípio, a forma de escolha dos cursos é um pouco confusa, já que eles são categorizados como Diplomas e Diplomas Distintos.  A diferença entre eles, é de que os distintos são os principais cursos daquela instituição e os intitulados apenas como diplomas são cursos mais fracos, logo, o seu sim precisa atender todos os critérios para pode estudar no melhor ensino. 

Diplomas distintos Universidade de Britechester: História da Arte, Comunicação, Artes Culinárias, Artes Dramáticas, Belas-Artes, História, Letras e Literatura.

Diplomas distintos Instituto Foxbury: Biologia, Ciência da Computação, Economia, Física, Psicologia e Vilania. 

Após terminar todo o processo, basta apenas escolher entre viver em um alojamento, ou continuar vivendo no lote atual. Neste momento entra mais um critério: os alojamentos são divididos de acordo com as universidades, logo, se você optar em enviar dois sims ao mesmo tempo para a universidade para viverem em dormitórios, eles precisam estar matriculados na mesma instituição, caso ao contrário, só será possível viver em casas normais. 

A VIDA UNIVERSITÁRIA

Festa do dia de jogo. (Imagem: Print / O Retalho).

Quem escolher a opção de viver em um alojamento, vai acabar se sentindo mais imerso na vida universitária, já que é possível ter um contato maior com os colegas de quarto que uma vez ou outra fazem interações, como chorar pelos cantos, deixar tudo uma bagunça e espalhar bilhetes reclamando do seu colega de quarto. Algumas vezes, aparecem até pilhas de livros pela mesas de forma aleatória. Transformando o lote em um local bem vivo. 

Entretanto, é importante ressaltar duas limitações. A primeira é que os dormitórios não podem ter fogões, fazendo com que o seu sim precise a maiorias das vezes comer comidas que não são saudáveis. A segunda é a impossibilidade de entrar no modo construção. Porém, pelo campus há duas cafeterias espalhadas, que servem comidas gratuitas, junto de algumas barracas que te permitem comprar alguns itens, como posters e tapetes para decorar o seu quarto, ou seja, são limitações reversíveis.

Um novo recurso que o jogo trás, são as organizações que funcionam como grêmios estudantis, portanto, ao participar delas, os sims precisam fazer algumas atividades e participar de reuniões, que funcionam como eventos que ocorrem em locais específicos do Campus. 

Sim realizando uma das atividades proposta pela organização. (Imagem: Print / O Retalho).

Cada universidade possui 3 tipos de organizações, sendo que também existe uma organização oculta, que se trata da sociedade secreta – em certos dias e horários é possível encontrar essa sociedade nos locais das ruínas fazendo tipos de oferendas. 

Organização secreta. (Imagem: Print / O Retalho).

Participar dela não é tão fácil, pois eles são bastante sigilosos, porém, caso você faça alguma oferenda rara para a estátua da sua universidade, eles te fazem um convite para fazer parte das atividades. 

O ESTUDO

Claro que nem tudo no jogo é festa, a jogabilidade relacionada aos estudos não facilita as coisas, pois caso o sim falte às aulas, deixe de fazer trabalhos, apresentações, lições de casas ou fique sem estudar, a média dele no final do período será baixa, fazendo com que ele reprove. 

O que acaba sendo um ponto bastante positivo, deixando o jogo mais desafiador: curtir tudo que a expansão trás e conseguir manter as notas altas.

OBSERVAÇÕES FINAIS

Mapa da expansão. (Imagem: Print / O Retalho).

A expansão vida universitária possui uma gameplay que não se torna enjoativa logo no primeiro dia de jogo, pois há muito para se explorar. Entretanto, ela não é perfeita. Uma das coisas que rebaixa total a pontuação é a decoração dos lotes, que são simples, e apresentam algo feito às pressas e sem vontade, principalmente dos dormitórios. 

O mapa não chega a ser um problema, pois ele tem uma boa quantidade de lotes, que são divididos entre universidades. Porém é necessário uma reforma total em cada um deles.

Um outro critério que não agrada é fato de que os jogadores não podem assistir as aulas, pois o sim vai até o lote e some. A festa da formatura é quase a mesma coisa, porém ao terminar, no inventário do jogo parece uma foto do sim vestido de beca.

Fora isso, a expansão cumpre muita coisa que promete e lembra bastante a “Vida na Cidade”, por conta dos eventos e os estilos que os dormitórios apresentam de serem como apartamentos.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui