O órgão de classificação indicativa ESRB classificou Cyberpunk 2077 como M, ou seja, proibido para menores de 17 anos. Entre as justificativas apontadas que já se esperam de um jogo do tipo, como assassinato, sangue, uso de drogas e etc., uma descrição bem peculiar foi dada sobre o game: a customização de órgãos sexuais.

Segundo a descrição da ESRB, “os jogadores podem selecionar um gênero e customizar o personagem; customização pode incluir representações de seios, nádegas e genitália, bem como diversos tamanhos e combinações de genitália.

Isso é uma questão pouco abordada nos jogos, o que mostra a intenção da CD Project Red de oferecer um nível de imersão grande no seu game.

Além disso, ainda foi revelado que haverá cenas de sexo em primeira pessoa, seja com personagens chaves da campanha ou com prostitutas, algo que ocorre no outro game da empresa The Witcher 3: Wild Hunt. Anteriormente já haviam confirmado que não haverá cenas do tipo com Johnny Silverhand, personagem de Keanu Reeves.

No Brasil o game também recebeu a classificação indicativa para 18 anos, o que mostra que o conteúdo foi mesmo pensado para um público mais adulto.

Cyberpunk 2077 será lançado em 17 de setembro de 2020 para PS4, Xbox One, PC e Google Stadia. No lançamento do Xbox Series X, quem tiver a versão de One poderá baixar uma versão atualizada do game na próxima geração. Ainda vale lembrar que um evento foi marcado para o dia 11 de junho, onde novas informações serão reveladas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui