Universo expandido sempre foi um conceito forte em Star Wars. Quando O Retorno de Jedi encerrou a trilogia clássica em 1983, os fãs ficaram com saudades do universo de George Lucas. Enquanto não se sabia qual seria o futuro da franquia nos cinemas, empresas terceirizadas começaram a trabalhar com a franquia em histórias paralelas. Começaram a surgir livros, jogos, animações e quadrinhos que expandiam o universo com novos personagens, cenários, eventos e etc.

A trilogia Thrawn por exemplo, imaginava como seria a galáxia após a conclusão da trilogia clássica. O renomado autor Timothy Zahn, estabeleceu que os eventos do Episódio VI não tinham colocado um ponto final na guerra. Parte do Império ainda permaneceria ativa, com a liderança do Grande Almirante Thrawn, o último com este título. Com a formação da Nova República, Luke, Han e Leia teriam que se unir novamente para que pudessem encontrar a paz na galáxia.

Quando George Lucas lança os prequels de Star Wars, abre possibilidades para explorar o passado da franquia. Foi assim que surgiu a animação Clone Wars, que apresentou os clones, Mandalore e vários outros acontecimentos deste universo ao longo de sete temporadas. Assim, o universo expandido se concentrava em tornar a franquia maior do que apenas o núcleo Skywalker.

No entanto, quando a Disney adquiriu a Lucasfilm, passou a classificar todo esse material como Legends, ou seja, não seria mais cânone. A partir de 2014, tudo relacionado a Star Wars passaria a ter um controle criativo, em prol de contar uma só história que está conectada entre as diferentes mídias. A divisão seria feita em Eras, se apoiando nas trilogias lançadas nos cinemas.

Alta República

Reprodução/Lucasfilm

Se você procura ir atrás de histórias que se passam anos antes da Saga Skywalker, a Lucasfilm está atualmente lançando uma série de livros e HQs situadas na Alta República. Na história de Star Wars, este período é considerado a Era de Ouro dos Jedi. Toda a galáxia depositava sua confiança a estes guardiões, que exploravam e descobriam novos territórios. Assim, suas aventuras possuem uma inspiração nos clássicos faroestes.

Star Wars: The High Republic começará a sua publicação no Brasil em junho, com o livro A Luz dos Jedi. A Panini também começará a publicar uma série de quadrinhos desta fase.

Além disso, esta prometido para o Disney+ nos próximos anos, a série Star Wars: The Acolyte. A história passará no fim da Alta República, focando no surgimento de poderes do Lado Sombrio.

Este é o período ideal para quem está chegando agora no Universo Expandido, já que não precisa de muita leitura complementar ou de alguma animação de apoio. Como está na fase inicial de publicação, não tem muitos títulos e acompanhá-los no lançamento será a melhor opção.

A Queda dos Jedi

Reprodução/Lucasfilm

Esta é a Era aonde a Trilogia Prequela se situa. Paralelamente, se tem a animação Clone Wars, que mostra o começo e o fim das Guerras Clônicas, quando Obi-Wan Kenobi e Anakin Skywalker fortaleceram seus laços. Mas a animação também expande para outras narrativas, como a criação dos clones; a arquitetura política de Palpatine para realizar o golpe na República; conflitos políticos em outros planetas; diferenças religiosas e etc.

A animação é extremamente importante para acompanhar o UE daqui pra frente. Isso porque vários personagens não possuem um encerramento na animação, sendo transportados para outras séries. A série introduz a Ahsoka, Bo-Katan, o clone Rex, o Sabre Negro, os clones defeituosos e outras tramas que são vistas no futuro.

O Reinado do Império

Reprodução/Lucasfilm

Aqui é aonde se encontram diversos livros e quadrinhos de Star Wars. Atualmente, é o período que acontece a animação Bad Batch, que está indo ao ar no Disney+. A série acontece dias após a formação do Império e está mostrando o processo da substituição dos clones por soldados alistados.

Nesse sentido, temos o livro Ahsoka logo após o final de Clone Wars, podendo acompanhar o que aconteceu com a personagem neste período. Outro livro neste mesmo período é Lordes dos Sith, que conta com Darth Vader já em ação contra a rebelião de Cham Syndulla, um Twi’lek que desde a época da República já lutava por liberdade e agora se vê ainda mais urgente na situação contra o Império.

Posteriormente, a sua filha Hera seguiu seus passos e formaria uma parceria com Kenan, um dos sobreviventes da Ordem 66 que exterminou os Jedi pela galáxia. Ambos protagonizam o livro Um Novo Amanhecer.

Nos cinemas, apenas o filme Han Solo se situa nesta mesma época, mostrando o ponto de vista do submundo do crime da galáxia. A série do Disney+ sobre o Obi-Wan deve se situar no mesmo período, já que será dez anos após o Episódio III.

Obras complementares:
Reprodução/Electronic Arts

Nesse período também é possível encontrar o livro Tarkin, que fala sobre um dos vilões do Episódio IV e a série de HQs Dark Lord of the Sith. Ambos dão mais contexto para os bastidores do Imperio. No entanto, essas HQs ainda não estão disponíveis no Brasil.

Nos games, Star Wars: Jedi Fallen Order conta a história de Cal Kestis, outro Jedi sobrevivente da Ordem 66, mas que não concluiu seu treinamento.

Em Thrawn, o Grande Almirante faz sua estreia no cânone oficial da franquia. Seu sucesso com o público foi tão grande, que a Lucasfilm decidiu reutilizá-lo de uma nova forma. Ele voltará a aparecer em Rebels.

O livro Estrelas Perdidas serve como um ótimo meio de saber como o Império se espalhou pela galáxia. A história conta a jornada de Ciena Ree e Thane Kyrell, amigos que cresceram juntos e compartilhavam o sonho de serem pilotos. No entanto, Ciena é fiel ao Imperador e Thane se junta a Aliança Rebelde. A obra humaniza as pessoas comuns da galáxia e aprofunda suas visões políticas.

Era da Rebelião

Reprodução/Lucasfilm

Star Wars Rebels estabelece como nasceu a Aliança Rebelde, formada por Bail Organa e Mon Mothma. Mas a série animada também da sequência aos eventos de Clone Wars, com Ahsoka retornando para ajudar a rebelião; Bo-Katan lutando para reivindicar Mandalore, o destino de Rex e outras histórias. Além disso, a série mostra o Império em busca dos materiais para a construção da Estrela da Morte.

Pouco tempo depois acontece Rogue One, quando a arma bélica já está construída e os rebeldes capturam os planos para destruí-la. Aqui, temos a ponte criada para a trilogia clássica, já que o filme termina no mesmo ponto em que Uma Nova Esperança começa.

Durante a trilogia clássica, temos o livro O Herdeiro do Jedi, que conta uma aventura solo de Luke entre os episódios IV e V. A história é uma jornada intimista do personagem, que ajuda a conectar ainda mais com esse que é um dos principais heróis da saga. Nesse mesmo intervalo entre filmes, há os quadrinhos do Darth Vader publicados pela Panini.

Neste período, está em produção Andor, série spin-off de Rogue One focada em Cassian Andor. Provavelmente a série deve apenas complementar a experiência desta Era.

A Nova República

Reprodução/Lucasfilm

Após O Retorno de Jedi, o Império não se dissolveu por completo. Sim, essa é a mesma premissa dos Legends com a Trilogia Thrawn e que a Disney está reaproveitando em diferentes obras.

O game Star Wars Battlefront II narra diversos acontecimentos após o Episódio VI, como a Operação Cinzas. Três meses depois da derrota do Império em Endor, uma última ordem do Imperador vem à tona: destruir diversos planetas para que todos vejam a necessidade de uma Ordem lhes protegendo.

O game tem momentos entrelaçados com a Trilogia Aftermath, que conta detalhadamente o impacto da morte do Imperador na Galáxia, que acreditava ser uma mentira. Os três livros apresentam novos personagens e colocam Han e Leia em novas missões, como por exemplo libertar Kashyyyk, o planeta dos Wookies.

Um pouco mais na frente nesta linha do tempo, há o grande sucesso do Disney+, The Mandalorian. A série continua os eventos de Rebels, tal como algumas tramas secundárias, novamente com Ahsoka e Bo-Katan.

No futuro, a Lucasfilm já prometeu que irá fazer uma série solo de Ahsoka, continuando sua participação em busca de Thrawn, que está desaparecido após o fim de Rebels. A Nova República também ganharia uma série, mas com as polêmicas envolvendo Gina Carano fez com que o projeto ficasse engavetado. Ela interpreta uma soldado da Nova República em The Mandalorian.

Reprodução/Aleph

A última série anunciada neste seguimento é O Livro de Boba Fett.

Obras complementares

Recomendamos a leitura de Legado de Sangue, focado na General Leia. O livro traz muito da política vista na queda dos Jedi, mas aqui com o foco na Nova República, que se dividiu em duas partes: Populistas e Centristas. Assim, Leia reflete sobre seu passado, seu casamento frustrado e a preocupação com seu filho Ben, ao mesmo tempo que reconsidera o seu cargo, buscando um equilíbrio para continuar trazendo o bem para galáxia.

O Reinado da Primeira Ordem

Esta é a era que ocorre a Trilogia mais recente, entre O Despertar da Força e A Ascenção Skywalker. Entre os lançamentos complementares, está a animação Star Wars: Resistance, que mostra por dentro da Resistência e conta com a participação de Poe Dameron.

Reprodução/Lucasfilm

Ainda sobre a Resistência, há o livro A Resistência Renasce, que se situa após o fim de Os Últimos Jedi. A história mostra os impactos dos acontecimentos do Episódio VIII e como o grupo de Leia se reestruturou.

Já nos quadrinhos, há as histórias da Capitã Phasma, que reaproveita melhor a vilã que teve pouco espaço para brilhar.

Futuro?

Pouco se sabe sobre o que virá nos próximos anos de Star Wars após o Episódio IX. Ainda mais com a Lucasfilm aproveitando mais as Eras anteriores. No entanto, existem três filmes em desenvolvimento, o primeiro intitulado de Rogue Squadron. Fica a expectativa para saber a qual momento da linha do tempo irá se enquadrar este filme.

  • Então siga o Retalho no Instagram e no Twitter para conteúdos inéditos
  • Mas também fique ligado no Retalho para artigos e notícias da cultura pop
  • OBS: Alguns livros citados foram publicados pela Aleph, que não detém mais os direitos. Sendo assim, a disponibilidade ficará sob a responsabilidade da Universo dos Livros. Mas qualquer atualização sobre contaremos na lista.