Após ter ficado 2020 inteiro sem ter lançado nada, algo que não acontecia desde 2009, o Marvel Studios voltou com força neste ano. Em janeiro tivemos o sucesso mundial que foi WandaVision e agora estamos no fim de Falcão e o Soldado Invernal. No entanto, isso é apenas o começo da overdose de produções que ainda estão vindo por aí.

Só neste ano, podemos ainda ter até 8 produções do estúdio chegando no Disney+ e nos cinemas. Para não se perder e deixar tudo marcado na agenda, resolvemos fazer este guia você!

Confira o que vem aí nos próximos anos da Marvel:

Loki

Em Vingadores: Ultimato, os heróis acabaram deixando o Tesseract escapar e deixar o Loki de 2012 fugir com ele. Mas isso ocasionou numa ruptura no tempo com diversas ramificações sendo geradas a partir deste momento. Por isso, a AVT (Autoridade de Variação do Tempo) o prende e pretende contar com sua ajuda para por um fim as variantes.

Depois de WandaVision ter tido pequenos flertes com o multiverso, é provável que Loki apresente novos conceitos sobre o tema. Inclusive, a série terá como roteirista Michael Waldron, que será responsável por Doutor Estranho 2 e já escreveu Rick and Morty. Ou seja, um especialista em multiversos.

A série chegará em 11 de junho de 2021 e terá ainda no seu elenco Owen Wilson, Gugu Mbatha-Raw e Richard E. Grant.

Viúva Negra

Este que deveria ser inicialmente a introdução da Fase 4, será agora apenas a quarta produção da nova fase. O filme sofreu diversos adiamentos por conta da pandemia e agora chegará em formato hibrido, nos cinemas e Disney+ pelo Premier Access.

A trama situará entre Guerra Civil e Guerra Infinita, mostrando o passado de Natasha Romanoff (Scarlett Johansson) e sua irmã Yelena (Florence Pugh). Foi revelado recentemente que Val de La Fontaine (Julia Louis-Dreyfus) fará uma participação, ou seja, o filme deve também ter pontas pro futuro.

Viúva Negra chega em 9 de julho de 2021 com a direção de Cate Shortland e roteiro de Jac Schaeffer.

Shang-Chi: A Lenda dos Dez Anéis

A primeira produção do Marvel Studios com um protagonista amarelo será a estreia do Mestre do Kung-Fu em live-action. Como o nome do longa sugere, Shang-Chi (Simu Lu) irá lutar contra os Dez Anéis, organização que apareceu no primeiro Homem de Ferro.

Sendo assim, será a oportunidade de concertar uma das maiores polemicas do MCU, que foi o Mandarim de Homem de Ferro 3. No filme, o verdadeiro vilão será interpretado por Tony Leung.

A produção ainda conta com nomes como Awkwafina, Florian Munteanu e Michelle Yeoh. O filme chega aos cinemas em 3 de setembro de 2021 com direção de Destin Cretton.

What If

A primeira animação do Marvel dará a oportunidade de brincar com realidades alternativas. A inspiração será a linha dos quadrinhos “O que aconteceria se…“, tendo episódios que mostraram Peggy Carter com o soro do Super-Soldado por exemplo.

Não está claro o quanto essa série terá influência no cânone do MCU, mas ao apresentar o multiverso, pode ser que tenha a sua importância. Afinal, já foi referenciado que as realidades vistas pelo Doutor Estranho em Guerra Infinita pode ter passado pelas realidades desta série.

Ainda assim, esse projeto merece ser conferido por ser o último de Chadwick Boseman. No seu episódio, mostrará o que aconteceria de Yondu não resgatasse Peter Quill e sim T’Challa. Isso o tornará no Senhor das Estrelas um pouco diferente.

What If chegará em algum momento do segundo semestre.

Eternos

O longa mais pretencioso do Marvel Studios estava previsto para o fim de 2020, mas foi mais um dos prejudicados por conta da Covid-19.

Eternos se passará após os eventos de Vingadores Ultimato, mas também falará sobre a vida na Terra há milhares de anos atrás. Isso porque a equipe principal é formada por heróis que defendem o universo dos Deviantes por todo esse tempo.

Ambos grupos são ancestrais dos Celestiais, seres que habitavam o universo antes de toda a existência. Eles já apareceram rapidamente em Guardiões da Galáxia, pois eles já foram portadores da Joia do Poder.

Sendo assim, o filme deve expandir ainda mais a mitologia do universo cósmico da Marvel, com apresentação de novas criaturas, mundos e personagens. O elenco conta com Angelina Jolie; Kit Harignton; Richard Madden; Kumail Nanjiani; Salma Hayek; Brian Tyree Henry; Dong-seok Ma; Lauren Ridloff; Gemma Chan; Lia McHugh e Barry Keoghan.

A direção ficará por conta de Chloe Zhao, elogiada diretora da temporada por conta de seu trabalho em Nomadland. O lançamento está previsto para 5 de novembro de 2021.

Ms Marvel

Kamala Khan faz a sua estreia em live action na série original do Disney+. Não foram divulgadas muitas informações sobre como será a origem da personagem. Mas, é provável que siga a mesma base nos quadrinhos com pequenas alterações de elementos não vistos no MCU.

Kamala é uma jovem paquistanesa-americana, apaixonada pelos super-heróis e pelo heroísmo que eles representam, principalmente pela Capitã Marvel. Um certo dia, após ser exposta por uma explosão alienígena, ela acaba ganhando poderes e se transformando em inumana.

A personagem será vivida por Iman Vellani e já foi confirmado que ela voltará a aparecer em Capitã Marvel 2. Ainda não há uma data confirmada, mas deve chegar no fim de 2021.

Gavião Arqueiro

A primeira aventura solo do Gavião Arqueiro (Jeremy Renner) ainda não possui muitos detalhes da história. No entanto, o elenco e as fotos do set já revelaram que teremos a introdução de Kate Bishop, a Gaviã Arqueira – vivida por Hailee Steinfeld.

A série também trará Yelena Belona (Florence Pugh) que já terá sido introduzida em Viúva Negra. Essa deve ser uma forma de repercutir a morte de sua irmã em Vingadores: Ultimato. Deixando o elenco ainda mais estrelado, Vera Farmiga fará parte do MCU dando vida a mãe de Bishop.

Gavião Arqueiro ainda não tem data, mas está com as filmagens em andamento e tem previsão ainda para 2021.

Homem-Aranha: No Way Home

Ainda sem título em português, o último filme da parceria entre Marvel Studios e Sony Pictures promete ser um dos maiores eventos do MCU. Ainda existe poucas coisas confirmadas, mas a presença de Jamie Foxx e Alfred Molina reprisando os papéis de Electro e Doutor Octopus respectivamente ascendeu a expectativa de um Aranhaverso.

Já foi confirmado que este filme irá compor uma ligação entre WandaVision e Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, incluindo uma participação de Benedict Cumberbatch, então tudo é possível e uma aparição das versões do teioso de Tobey Maguire e Andrew Garfield é o que os fãs mais almejam.

Com o retorno de Tom Holland e Zendaya e a direção de Jon Watts, o longa está programado para chegar em 17 de dezembro de 2021.

Doutor Estranho no Multiverso da Loucura

O segundo filme do Doutor Estranho culminará no ápice do evento do Multiverso dentro do MCU. Elizabeth Olsen estará no elenco, lidando com as consequências do final de WandaVision e sua busca pelos seus filhos em outras realidades.

Entretanto, detalhes maiores da trama e no que isso desencadeará no futuro do MCU ainda é um mistério e deve continuar assim até começar a divulgação do longa, se prolongando até o lançamento nos cinemas.

Um dos destaques do filme será a direção de Sam Raimi, conhecido pela trilogia do Homem-Aranha nos anos 2000 e que é aclamada pelos fãs de quadrinhos.

O elenco ainda terá o retorno de Rachel McAdams, Chiwetel Ejiofor e Benedict Wong. O lançamento está marcado para 25 de março de 2022.

Thor: Amor e Trovão

O Deus do Trovão terá o privilégio de ser o primeiro herói a ter a sua quadrilogia e muito disso se deve a sua popularidade ter aumentado após o terceiro filme da franquia. O responsável por isso é Taika Watiti, que retorna a direção e deve expandir ainda mais o universo do herói protagonizado por Chris Hemsworth.

O longa trará uma participação dos Guardiões da Galáxia, com quem Thor encerrou sua jornada em Ultimato e deve começar a sua nova aventura com a equipe. Outro retorno será o de Natalie Portman como Jane Foster, que já foi confirmado que irá tomar posse do Mjonir e se tornar a Thor, assim como nos quadrinhos recentes.

Na onda de retornos, Tessa Thompson irá voltar como Valquíria a fazer dupla com o Thor e agora como Rei de Asgard (sim, Rei). Mas o destaque deve ficar pela presença de Christian Bale com o vilão principal da história.

Thor: Amor e Trovão chegará aos cinemas em 6 de maio de 2022.

Pantera Negra II

Uma das maiores perdas de 2020 foi sem dúvidas a de Chadwick Boseman. O eterno Rei T’Challa nos deixou e a sequência do maior filme solo do estúdio será um enorme tributo ao seu legado, dando sequência nos personagens que já conhecemos no primeiro filme.

Kevin Feige já descartou que haverá um recast do papel principal, deixando o futuro do Pantera Negra incerto, principalmente por uma das opções mais “certas” de tomar o manto, a Shuri, ter virado uma incógnita. Isso porque a atriz Letitia Wright se envolveu em polêmicas anti-vacina contra Covid-19.

Assim o trabalho difícil de decidir o futuro do personagem e de Wakanda está nas mãos de Ryan Coogler, que retorna para a direção e roteiro. O filme chegará em 8 de julho de 2022.

Capitã Marvel 2

Encerrando o ano de 2022 nos cinemas, Carol Danvers (Brie Larson) retornará em aventuras pós-Vingadores Ultimato. O projeto ainda não tem muitas informações, mas trará pela primeira vez nos cinemas a Ms Marvel (Iman Vellani) e a versão adulta de Monica Rambeau (Teyonah Parris), que já fez a sua estréia em WandaVision.

A direção ficará por conta de Nia DaCosta, jovem diretora que já tem no seu currículo filmes como Little Woods e a Lenda de Candyman. A estreia está marcada para 11 de novembro de 2022.

Guardiões da Galáxia: Especial de Natal

Antes do encerramento da trilogia dos Guardiões da Galáxia, o Disney+ irá receber no fim de 2022 um especial de natal com a equipe, satirizando o eterno especial de Star Wars.

A direção e o roteiro ficará por parte de James Gunn, que decidiu fazer este curta durante o roteiro de Guardiões da Galáxia Vol. 3. Aliás, o projeto marca oficialmente a volta do diretor para o Marvel Studios, que chegou a ser demitido após acusações de pedofilia e piadas de mal gosto circularem na internet em 2018.

Outros detalhes de história não foram revelados ainda.

Projetos sem data: Cavaleiro da Lua

A série do Cavaleiro da Lua foi um dos primeiros projetos anunciados para a Fase 4, entretanto é a que demorou mais para ter detalhes confirmados de sua produção. Durante o Investors Day, pouco se falou sobre os nomes envolvidos e sequer confirmaram o nome de Oscar Isaac no papel principal, já que diversos rumores pipocavam sobre o ator.

Um mês depois, o elenco vai tomando forma, com Isaac de fato dando vida ao vigilante Marc Spector, Ethan Hawke vivendo o vilão que ainda não foi confirmado qual será e a atriz May Calamawy, que ainda não tem uma experiência grande na carreira.

Nos quadrinhos, Marc Spector é um vigilante de origem judaica que ganhou a vida como um mercenário. Até que um dia, em uma missão no Egito, ele recebe a visita do deus Khonshu, que o transforma no Cavaleiro da Lua, um avatar da divindade egípcia. 

Ao voltar para Nova York, decide combater o crime, ao mesmo tempo que atua no cotidiano com outras personalidades, como o milionário Steven Grant e o taxista Jake Lockley. Esse conflito entre personalidades é uma marca do personagem nos quadrinhos e promete ser um dos dramas para a série.

Se tudo sair como o planejado, é provável que Cavaleiro da Lua chegue em 2022.

Mulher-Hulk

Desde O Incrível Hulk que o universo do Gigante Esmeralda é explorado no MCU, mesmo que tenha aparecido durante os filmes dos Vingadores e Thor: Ragnarok.

Protagonizada por Tatiane Maslany, a série toma uma cara de sequência do filme de 2008, trazendo de volta Tim Roth como o Abominável, enquanto Mark Ruffalo voltará como Bruce Banner/Professor Hulk.

Nos quadrinhos, Jennifer Walters é uma advogada e prima de Bruce Banner, que após ser baleada, acaba ganhando os poderes de Hulk por conta de uma transfusão de sangue, já que ela e seu primo possuíam o mesmo tipo sanguíneo e era a forma mais rápida dela ser salva. Walters então adota o nome de Mulher-Hulk, tendo o controle racional de suas ações, mas ainda mantendo toda a força bruta.

A série está originalmente programada para algum momento de 2022.

Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania

O terceiro longa do universo do Homem-Formiga e da Vespa apresentará um dos maiores vilões dos quadrinhos da Marvel: Kang – O Conquistador.

Nos quadrinhos, seu alter-ego é Nathaniel Richards, sendo da mesma linhagem da família de Reed Richards. Entretanto, ele vem de uma Terra alternativa ao universo Marvel tradicional. Com um nome autoexplicativo, ele dedica a sua vida viajando pelo tempo e por dimensões, com o objetivo de conquistar cada época possível.

Por conta dessas habilidades e do seu passado, o vilão é originalmente inimigo do Quarteto Fantástico, mas a sua versão cinematográfica pode ter um rumo diferente. Lembrando que os dois filmes anteriores do Homem-Formiga foram fundamentais para apresentar o contexto do Reino Quântico, então não seria surpresa se este terceiro apresentasse novos conceitos pro futuro do MCU.

Kang será interpretado por Jonathan Majors, enquanto o filme reintroduzirá Cassie Lang, protagonizada por Kathryn Newton. O elenco ainda terá o retorno de Paul Rudd, Evangeline Lily, Michael Douglas e Michelle Pfeiffer.

Invasão Secreta

Nick Fury (Samuel L. Jackson) ainda terá muito o que fazer dentro do MCU e irá protagonizar ao lado de Talos (Ben Mendelsohn) a adaptação de um dos maiores eventos dos quadrinhos da Marvel: Invasão Secreta. O elenco ainda contará com Kingsley Ben-Adir, Olivia Colman e Emilia Clarke.

Na história original, os Skrulls começam a substituir os seres humanos e planejar uma invasão afim de tomar o planeta Terra. Um dos acontecimentos mais marcantes deste arco nos quadrinhos, é que heróis, vilões e pessoas importantes começaram a ser substituídas, como o Capitão América por exemplo.

Introduzidos em Capitã Marvel, os skrulls no MCU não foram apresentados como vilões, mas sim aliados. Inclusive a relação de Fury com esta espécie se mostrou duradoura, já que na cena pós créditos de Homem-Aranha: Longe de Casa, foi revelado que Talos estava atuando em seu lugar, enquanto ele estava no espaço.

No entanto, apesar de serem vistos como vilões nos quadrinhos, já foi estabelecido que a raça possui divergências políticas e é possível que nesta série do Disney+, conhecemos o lado maligno dos Skrulls. Precisaremos aguardar mais um pouco para mais informações.

Coração de Ferro

A série original do Disney+ irá adaptar um dos arcos mais recentes dos quadrinhos, introduzindo Riri Williams como uma das sucessoras do Homem de Ferro.

Criada em 2016 por Brian Michael Bendis, Riri é uma adolescente de 15 anos e estudante do MIT, que consegue criar por conta própria uma armadura do Homem de Ferro, através de material roubado do seu campus e utiliza-la. Ela é descrita como alguém com inteligência fora de série e digna de uma sucessora de Tony Stark.

Ela será interpretada por Dominique Thorne, estreante em Hollywood mas que já tem no currículo os projetos Se a Rua Beale Falasse e Judas e o Messias Negro.

A Guerra das Armaduras

Uma das tramas de Tony Stark desde sua primeira aparição, foi o seu medo da armadura cair em mãos erradas e isso acontecerá nesta série do Disney+.

Trazendo a volta do Máquina de Combate (Don Cheadle), a produção deve adaptar os quadrinhos de mesmo nome do Homem de Ferro, aonde terroristas começam a tomar posse da tecnologia das armaduras de Tony e travar uma guerra contra os EUA.

Em Homem-Aranha: Longe de Casa, já tivemos uma pequena prévia do que a tecnologia em mãos erradas podem causar, quando o Mistério consegue usar a inteligência artificial dos óculos especiais.

A série ainda deve contar com a volta de outros rostos do universo dos filmes anteriores, Justin Hammer, vilão de Homem de Ferro 2 e quem sempre desejou ter acesso a tecnologia Stark. Também podemos ver a primeira interação da Coração de Ferro com outros nomes do MCU.

Eu sou Groot

A produção mais simples do Disney+ será esta série de curtas sobre o Baby Groot. Não foi dado nenhum detalhe adicional sobre as aventuras, mas por conta da sua idade, é certo que será antes dos eventos de Guerra Infinita.

Mas, pelo anúncio oficial, podemos esperar ver diversas figuras curiosas do universo Marvel nesta produção.

Blade

Estrelando Mahershala Ali no papel principal, Blade é um dos projetos que foi anunciado de surpresa durante a San Diego Comic-Con 2019 e segue ainda sem muitas informações, já que integra a Fase 5.

Entretanto é válido destacar que o projeto é o segundo reboot que o Marvel Studios resolveu fazer, já que o personagem já teve uma trilogia anteriormente, protagonizada por Wesley Snipes no começo dos anos 2000.

Nos quadrinhos, Blade é um anti-herói (e pode ser o primeiro anti-herói do estúdio) e caçador de vampiros, combatendo criaturas sobrenaturais com suas habilidades de espadachim e artes marciais.

Seu alter-ego é Eric Brooks e ele é considerado um dampiro, uma mistura de vampiro com humano, o que o deixa poderoso por não possuir as fraquezas de um vampiro puro, podendo fazer caças durante a luz do dia.

Blade deve fazer a sua estreia nos cinemas apenas após 2023.

Quarteto Fantástico

Desde que a Walt Disney Company se juntou a Fox, os fãs estão sonhando com o reboot do Quarteto Fantástico e agora este sonho é real. Reed, Sue, Johnny e Ben farão a sua estreia no MCU e dará início a uma nova era para o estúdio nos cinemas.

Com a junção da família mais importante da Marvel a este universo, podemos sonhar com diversas interações que tanto fizeram sucesso nos quadrinhos, além de termos a introduções de vilões clássicos como Doutor Destino, Galactus, Kang – O Conquistador, ter mais detalhes sobre os Skrulls e etc.

O filme terá a direção de Jon Watts (que dirigiu a trilogia do Homem-Aranha por Tom Holland) e é mais um projeto que deverá ver a luz do dia após 2023.

Deadpool 3

O último filme anunciado pelo Marvel Studios foi Deadpool 3, que pela primeira vez dará sequência a um universo começado fora do MCU.

Devido ao enorme sucesso da franquia que arrecadou cerca de US$ 1,5 bilhão com dois filmes para maiores de 18, era impossível colocar o personagem na geladeira ou rebootar.

Aliás, o filme abrirá as portas para que o estúdio possa fazer filmes para maiores, algo impensável antes da compra da Fox. Uma decisão que provavelmente pode impactar filmes como Blade, que até então era pensado apenas como PG-13.

Ryan Reynolds está cuidando do roteiro atualmente e as gravações devem começar em 2022.

Logo feita por fãs

Projetos ainda não anunciados

Mesmo com tudo isso já anunciado, temos o conhecimento que nos próximos quatro anos ainda virá muito mais. Guardiões da Galáxia Vol.3 já está com roteiro pronto e depende apenas de James Gunn encerrar os trabalhos na DC para começar a tocar o projeto.

Outro projeto não confirmado pelo estúdio é o reboot dos X-Men, cujo os fãs já vem teorizando desde já sobre como os mutantes mais famosos do mundo devem fazer a sua introdução neste gigante universo.

E claro, ainda poderemos ter mais sequências sendo anunciadas ou segundas temporadas de séries. Mas é certo que em algum momento poderemos ter um Vingadores 5 ou um Os Jovens Vingadores, já que vários heróis novos estarão sendo apresentados nesses próximos anos.

Uma coisa é certa: o futuro da Marvel está garantido e tudo o que vimos até aqui durante esses 13 anos de estúdio foi só o começo.