No último domingo (14), Zack Snyder liberou na internet o trailer oficial da sua versão de Liga da Justiça e se tornou um dos assuntos mais comentados do fim de semana. O maior destaque da prévia são as notáveis diferenças em relação ao filme que chegou aos cinemas em 2017, resultado de uma série de intervenções do estúdio.

O longa tem provavelmente um dos bastidores mais conturbados do século, e ao lado de Apocalypse Now, da história do cinema. As complicações vieram desde a decepção da Warner Bros. com a bilheteria de Batman Vs Superman e das críticas por conta do som sombrio em um filme de herói. A expectativa era de filmes mais leves que conquistassem todos os públicos, porém isso foi colocado em prática dentro de filmes que já estavam em produção.

Reprodução/Warner Bros. Pictures

As mudanças do estúdio

O primeiro afetado foi Esquadrão Suicida, que teve sua montagem toda refeita por uma equipe que cuidava de edição de trailers. Além disso, uma série de refilmagens foram feitas com intuito de excluir algumas mais “pesadas”, com o aval do diretor David Ayer. O estúdio tentou aplicar as mesmas alterações em Liga da Justiça, mas Snyder lutou muito para que o seu filme saísse do jeito que imaginou inicialmente.

Entre as ideias que estavam sendo colocadas em pauta, era pedido que a duração do filme fosse menor, mais colorido e menos sombrio e que os personagens fossem mais positivos. Por conta disso, um traje preto para o Superman foi descartado e o Lobo da Estepe deveria sofrer alterações no visual.

Entretanto, a luta de Snyder chegou ao fim quando sua filha veio a cometer suicídio, deixando a produção para ficar com sua família. Isso deu a Warner Bros. liberdade para fazer as alterações que quisesse, colocando Joss Whedon no comando (e como bode expiatório). A promessa para o público era de que poucas coisas seriam alteradas, apenas para deixar a história mais coesa, mas o que foi visto era um verdadeiro Frankenstein.

Reprodução/Warner Bros. Pictures

A reviravolta

O resultado nas bilheterias foi extremamente fraco, principalmente para o calibre da equipe mais famosa dos quadrinhos: US$ 657 milhões. Por conta do orçamento de US$ 300 milhões, o estúdio ainda teve um prejuízo entre US$ 50 e 100 milhões.

Com o gosto agridoce causado por conta de um filme fraco, os fãs começaram a fazer campanhas pedindo para que o corte original fosse lançado. Inicialmente, os executivos chegaram a dizer que não existia uma versão pronta e que precisaria de um novo investimento para finalizar a visão de Zack Snyder.

Mas o próprio diretor passou os últimos dois anos compartilhando informações sobre o que ele havia planejado originalmente, dando a entender que existia sim uma versão pronta. Os atores com quem o mesmo tinha amizade, começaram a fazer postagens com a tag #ReleaseTheSnyderCut. Até que em 20 de maio de 2020, a HBO Max anunciou que seria a casa da versão do diretor, que finalizaria seu filme com um orçamento de US$ 20 milhões.

Reprodução/Warner Bros. Pictures

A nova versão

Porém, a partir deste ponto algumas dúvidas foram levantadas. O que era dito pelo diretor e sua equipe, é que ele havia finalizado o seu corte e que apenas faltavam efeitos especiais, entretanto não foi bem assim que as coisas se mostraram ser.

Em setembro, o The Wrap estimulou que a nova versão custaria US$ 70 milhões aos cofres da WarnerMedia, já que novas refilmagens haviam sido planejadas. Nessas novas filmagens, Jared Leto foi contratado para reprisar o papel de Coringa e Harry Lennix para viver o Caçador de Marte. Além disso, Ben Affleck e Ray Fisher também fariam novas cenas.

Ou seja, o filme nunca esteve exatamente pronto e isso deu a Snyder o poder de refazer o roteiro a partir da sua nova liberdade. Criando assim, uma terceira versão de um filme que nunca iremos ver.

Reprodução/Warner Bros. Pictures

A grande vitória de Zack Snyder é que com esta nova versão, ele finalmente poderá entregar o filme que ele sempre quis fazer. Isso era impossível em 2017, mesmo sem todas as tragédias de sua vida pessoal, nunca que ele poderia entregar este longa nos cinemas.

Independente da qualidade, o diretor conseguiu dar uma enorme volta por cima e estar numa posição melhor do que quando saiu. Talvez melhor do que qualquer auge dentro da Warner Bros.. Já os seus fãs, serão presenteados após uma cansativa e intensa campanha por todos os cantos da internet e das Comic-Cons do mundo.

A novela chega ao fim em 18 de março de 2021 e o que virá após esse dia, será escrita em paginas completamente em branco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui